Observatório da Violência contra a Mulher

Sistema integrado de informações de violência contra a mulher no Estado de Santa Catarina.

Saiba mais

28.167
Medidas protetivas requeridas em Santa Catarina em 2023 (Fonte: TJSC)
5.713
Medidas protetivas requeridas em Santa Catarina em jan/fev de 2024 (Fonte: TJSC)
56
Feminicídios em Santa Catarina em 2023 (Fonte: SSP/SC)
9
Feminicídios em Santa Catarina em jan/fev de 2024 (Fonte: SSP/SC)

Dê um basta na violência!

A violência está acontecendo? Denuncie! Veja como e onde denunciar uma agressão e quais as etapas legais após a denúncia.

Últimas Notícias

Violência Doméstica contra a Mulher – O Papel da Violência Psicológica com Ana Luisa S. Ramos

No próximo dia 17 de abril o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina relizará, com o apoio do Tribunal de Justiça de Santa Catarina e da Escola do Legislativo/ALESC, a partir das 15h, a palestra sobre enfrentamento à violência doméstica, cujo tema será a “Violência doméstica contra a mulher: o papel da violência psicológica”. A […]

Audiência Pública ” Mulheres em Situação de Violência”

No dia 18 de abril o grupo de trabalho da comunidade do município de Itapema convida para uma Audiência Pública sobre “Mulheres em Situação de Violência” ás 14h.

RELATÓRIO 2019-2023 DO PROJETO ÁGORA: DADOS E RESULTADOS

Apresentação do relatório das atividade do Projeto Ágora: grupos reflexivos para homens autores de violência contra as mulheres contendo os dados e resultados de 2019 a 2023. Como citar este material: BEIRAS, Adriano; MAURÍCIO, Ana Carolina, HUGILL, Michelle de S. G. Apresentação do Relatório 2019-2023 do Projeto Ágora: Dados e Resultados. Grupo Margens/UFSC: Florianópolis, 2024. Disponível:  https://margens.ufsc.br/files/2024/03/Apresenta%C3%A7%C3%A3o-Projeto-%C3%81gora-2019-2023.pdf Disponível: https://ovm.alesc.sc.gov.br/wp-content/uploads/2024/03/Apresentacao-Projeto-Agora-2019-2023.pdf

Judiciário concentra esforços para combater violência doméstica

A última semana foi de esforços concentrados pelo Poder Judiciário catarinense para dar prioridade aos processos que envolvem violência doméstica contra as mulheres – Lei Maria da Penha e feminicídios – pendentes de audiências, despachos e sentenças. É o que preconiza a Semana da Justiça pela Paz em Casa, que chegou à 26ª edição, a […]